Chamados a felicidade

Todos são chamados à felicidade, e tão poucos o sabem ! Os batizados receberam o germe da felicidade. Mas quantos a valorisam, tendo em vista que ela é possível?

O nosso Pai do céu nos diz: "Meu filho, tudo o que é meu é teu". Quando compreendemos um pouco disso, queremos descobri-lo ainda mais e vivê-lo sempre melhor, fazer frutificar plenamente o germe de alegria recebido no batismo...

Queremos que os outros o saibam: todos os outros, todos aqueles que o ignoram, todos aqueles que sofrem, todos aqueles para os quais a vida não tem sentido.

Mas há várias maneiras possíveis de viver deste tesouro, vários lugares onde ofazer, partilhando-o com outros.

Donde a questão que dirige tudo: “Senhor, o que queres que eu  faça ?”

Irmã Ghislaine (fundadora das Irmãs do Campo},

em Tous appelés au bonheur, 1989

ImprimirE-mail