Religiosos, Religiosas...

Venham e vocês verão. Então eles foram e viram onde Jesus morava...” (Jo 1,39)

A nossa vida religiosa é primeiro marcada pelo sentido de Deus. Encontramos a nossa existência sobre Deus, consagrando-lhe as nossas forças de vida, de afeto, de liberdade. Que tudo o que somos, todo o que fazemos, seja na dependência DELE, uma dependência de amor “para sua glória”. É um amor que responde ao amor. Religiosos, religiosas, comprometemo-nos a viver o Evangelho, em comunidades fraternas apostólicas no mundo rural, em Igreja. O Evangelho é nossa linha de vida precisada nas nossas Constituições.

ImprimirE-mail