Plantar cuidando da mãe terra

DSC04057Quando os Irmãos chegaram em Coquelândia, no ano de 1989, receberam , cedido pela diocese de Imperatriz, uma casa com terreno contiguo de 3 Hectares. Para torná-lo produtivo  investiram no mesmo:pomar de laranjeiras, bananais e outras arvores frutíferas, bem como pastos para a criação de um pequeno rebanho de ovelhas e um poleiro de galinhas. 
Atualmente este investimento foi ampliado com a implantação de uma horta. Este surgiu a partir da necessidade de se produzir alimentos de qualidade para o consumo da casa. Pois quando produzimos em nossa horta, temos a garantia da procedência do alimento que consumimos, uma vez que as hortaliças que compramos são produzidas com muitos produtos químicos.bananes 6
Aproveitando a nossa horta, queremos também mostrar que é possível produzir em pequeno espaço o suficiente para o consumo da família. Na preparação dos canteiros utilizamos o composto preparado com folhas de plantas,lixo orgânico e outros materiais reutilizáveis.
Com isso conseguimos produzir para o nosso consumo e as vezes para vender um pouco: cebolinha, alface, couve, tomate, coentro, abobora, rúcula etc. Desejamos num futuro próximo produzir mais para vender à população.
Acreditamos que é uma necessidade urgente se preservar a Mãe Terra, que hoje esta agonizando com o uso de tantos produtos nocivos à vida. Acreditamos também que na nossa vida de Irmãos Missionários do Campo, cuidar da horta pode ser uma boa maneira de encontrar um equilíbrio entre o trabalho, o estudo e a oração. Pode ser também uma forma de entrarmos em sintonia com o Criador aprofundando assim uma espiritualidade integradora e harmonizando-nos física e mentalmente.
Através desta pequena mensagem queremos encorajar e incentivar os nossos leitores a fazer o mesmo.
      Luis Miranda

ImprimirE-mail